Terca-Feira, 04 de Agosto de 2020

Secretário avisa que quem invadir hospitais em Mato Grosso para fazer imagens será preso




COMPARTILHE

“Incentivar cidadãos a invadirem hospitais é altamente reprovável”, critica o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, sobre conduta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em transmissão no fim de semana, o presidente questionou os números divulgados sobre a covid e orientou que a população entrasse nas unidades hospitalares e filmasse se os locais estão realmente lotados.

“Arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente vem fazendo isso, mas mais gente tem que fazer para mostrar se os leitos estão ocupados, ou não. Se os gastos são compatíveis, ou não. Isso nos ajuda. Tudo o que chega para mim nas mídias sociais, fazemos um filtro e encaminho para a Polícia Federal ou para a Abin, e lá eles veem o que fazem com os dados”, diz trecho do pronunciamento de Bolsonaro.

Indagado sobre seu posicionamento em relação ao discurso, Figueiredo afirmou eu todos os dados divulgados tem como base os números das secretarias de cada município. “Não temos interesse em omitir nenhum dado”, rebate.

Além da resposta a acusação de dados falsos, o secretário ainda alertou sobre a entrada de pessoas sadias em área com pacientes contaminados. “Incentivar cidadãos a invadirem hospitais é altamente reprovável. Não concordo nem quando não tem pandemia, ainda mais no momento de pandemia de uma doença altamente contagiosa”, declarou.

O gestor cita que não é possível nem visita de parentes do paciente enquanto ele está internado e garantiu que não haverá invasão aos hospitais. “Quem tentar será preso”, assegurou. Os dados de contágio em Mato Grosso são divulgados em boletim diários, disponível ao fim de cada dia.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias