Terca-Feira, 04 de Agosto de 2020

Mortes por coronavírus em Mato Grosso se multiplicam 11 vezes durante um mês




COMPARTILHE

As mortes por coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso multiplicaram 11 vezes em um mês. De acordo com dado da Secretaria Estadual de Saúde (SES), até quinta-feira (25) o estado havia registrado 12.601 casos confirmados da Covid-19 e 476 óbitos em decorrência do vírus.

Há um mês, no dia 25 de maio, Mato Grosso estava com 1.594 casos e 42 óbitos por Covid-19. Já Cuiabá, tinha 518 casos de Covid-19 e sete mortes no dia 25 de maio. Um mês depois, o número chegou a 3.132 casos e 136 óbitos. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), disse que o aumento nos casos de coronavírus na capital seria maior se a cidade não tivesse passado por isolamento e fechamento do comércio no mês de março.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (3.132), Rondonópolis (983), Várzea Grande (968), Sorriso (539), Primavera do Leste (501), Tangará da Serra (445), Lucas do Rio Verde (411), Sinop (333), Nova Mutum (314), Pontes e Lacerda (311), Confresa (287), Campo Verde (282), Cáceres (184), Barra do Garças (183), Campo Novo do Parecis (159), Querência (149), Alta Floresta (135), Nossa Senhora do Livramento (129), Matupá (122) e Jaciara (119).

Dos 12.601 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 7.155 estão em isolamento domiciliar e 4.437 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 211 internações em UTI e 236 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 87,9% para UTIs e em 28,9% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,5% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,5% masculino; além disso, 3.436 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 16.524 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.062 amostras em análise laboratorial.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias