Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020

Possível guerra nuclear a vista na região da Península da Coréia




COMPARTILHE

A Coreia do Norte ameaou neste domingo (10) entrar em uma 'guerra sem quartel' contra a Coreia do Sul e os Estados Unidos, um dia antes de os aliados iniciarem manobras militares na regio, o que o regime de Pyongyang denuncia como um teste para invadir o país comunista.

"Nossa linha de vanguarda militar, o exército, a marinha e as foras aéreas, as unidades antiaéreas e as unidades de foguetes estratégicos, que já se encontram na fase de guerra sem quartel, aguardam a ordem final para atacar", publicou o 'Rodong', jornal oficial do partido único norte-coreano.

A publicao garantiu também que as armas nucleares do país esto "prontas para o combate".

"Os regimes dos EUA e da Coreia do Sul sero transformados em um mar de fogo num piscar de olhos" no caso de uma disputa, segundo o Rodong, que repetiu as ameaas da Coreia do Norte feitas nesta semana diante das novas sanes da ONU por seu recente teste nuclear.

Entre elas está a promessa de anular os acordos de cessar-fogo com a Coreia do Sul e de cortar a única linha de comunicao com o governo de Seul amanh, segunda-feira (11), quando comea o teste militar anual 'Key Resolve' da Coreia do Sul e dos EUA.

O 'Key Resolve' consiste em cerca de 10 mil soldados sul-coreanos e 3.500 americanos, além de um porta-avies e de caas de combate, e será combinado com as manobras 'Foal Eagle' que as foras conjuntas de ambos os países mantm em curso desde o último dia 1.

Seul e Washington garantiram que as manobras tm objetivo defensivo, enquanto Pyongyangas considera como testes para uma invaso.

Espera-se que a Coreia do Norte também realize grandes manobras militares na segunda-feira e na tera-feira perto da fronteira com a Coreia do Sul em resposta a estes exercícios.

Está previsto que o regime comunista efetue lanamentos de mísseis de curto alcance para alvos simulados, e que realize algum outro tipo de 'provocao militar', explicou uma fonte do Ministério da Defesa sul-coreano agncia 'Yonhap'.


Autor: G1


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias