Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

Santana do Araguaia tem a melhor web da região Norte, Confresa a pior do Norte Araguaia




COMPARTILHE

Enquanto a maior parte dos moradores de 406 cidades do Brasil acessa a internet com uma velocidade inferior à oferecida na Líbia – um país em conflito –, a maioria dos habitantes de outros 456 municípios navega na web com velocidade similar à de países como Finlândia, Suíça e Japão.

Em nossa região a situação e parecida, enquanto Santana do Araguaia é a única cidade da região Norte do Brasil, com web acima de 12 Mbps, a cidade de Confresa convive com uma internet que varia de 0 a 512 Kbps, ou seja, a web é  24 vezes menor que o município paraense, localizado na divisa com Mato Grosso.

Segundo o levantamento feito pelo portal G1 com base nos dados mais recentes deste ano da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a melhor internet do Norte Araguaia de Mato Grosso é a de São José do Xingu com a web entre 2 a 12 Mbps, já em Vila Rica oscila entre 512kbps a 2Mbps sendo de 12 a 6 vezes mais ruim que em Santana do Araguaia.

A velocidade média da internet no Brasil, que completa 20 anos neste mês, gira em torno de 3 Mbps, o que faz o país ocupar a 89ª taxa de download mais rápida do mundo, atrás de Iraque, Kwait e Sri Lanka, segundo o último relatório da Akamai, empresa de alcance global e referência na área. A Coreia do Sul, em primeiro lugar no ranking formado por quase 150 países, tem uma velocidade média de 22,2 Mbps.

A média do Brasil esconde uma disparidade ainda maior entre os municípios. Como as empresas são obrigadas a informar à Anatel a faixa de velocidade de todos os pontos de acesso fixo no país, é possível analisar a situação de cada cidade.

A faixa de classificação é composta  por cinco classes sendo (0 a 512 Kbps, 512 Kbps a 2 Mbps, 2 Mbps a 12 Mbps, 12 Mbps a 34 Mbps e acima de 34 Mbps).

São Paulo, por exemplo, tem 3,1 milhões de pontos, a maioria deles (47%) se concentra na faixa de 2 a 12 Mbps. 


Autor: AMZ Noticias com G1


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias